Follow by Email

quinta-feira, 19 de julho de 2012

Mata de Bom Jesus inicia tradicional festa







De 28 de julho até 6 de agosto o povo da Matinha e região realiza uma das maiores mabifestações do município de Brotas de Macaúbas



Começa no próximo dia 28 uma das mais tradicionais festas do município de Brotas de Macaúbas. A comunidade da Mata celebra o Senhor Bom Jesus que lhe completa o nome – Mata do Bom Jesus. Centro de cultura e tradição, o local é um dos pioneiros do município e onde nasceram figuras ilustres, a exemplo de Tomé Gervásio Filho, Antônio Rodrigues, Otaviano Barreto, Cleusa Rodrigues dos Santos dentre muitos outros.

A Mata do Bom Jesus tem em suas origens a figura história de seu Quili, um dos pioneiros e que emprestou o próprio nome para identicar o lugar: Mata de Quili. A festa do padroeiro é centrada na religiosidade do povo e este ano tem como tema “Com o Bom Jesus, cuidar da saúde espiritual e social”. Nos dias 28 a 31 de julho e 1º a 5 de agosto acontecerão as novenas na capela, seguidas dos tradicionais leilões. No dia 6, missa solene e procissão completam o evento.

A festa é organizada pela Associação Bom Jesus (bomjesusassociacao@hotmail.com) e contará com apresentações musicais, a exemplo de Figueiredo (dia 28), Expedito e Cia (29), Língua de Fogo (30) e Gegê Almeida (31), todas marcadas para o Salão Municipal. Na quadra de esportes se apresentam Língua de Fogo (dia 1º), Expedito e Cia (2) e Elias e Banda – Jacaré Danças (3). No dia será a vez de Elias e Banda e Banda Torres da Lapa e no dia 5 de Elias e banda e Banda Sound Luxo, que encerrarão a programação, também na quadra, no dia 6.




Na parte religiosa, com celebração do Frei Moisés, além das novenas que marcam a fé e devoção do povo matense, haverá no dia 6, às 9h30, a Missa da Transfiguração do Senhor Bom Jesus e, às 16h, a procissão solene pelas ruas da comunidade.

A festa da Mata por tradição consegue reunir boa parte das pessoas nascidas ali que se deslocam todos os anos de diversas regiões do Brasil. É, portanto, motivo de um grande encontro de conterrâneos que vão para matar as saudades e também para levar a sua contribuição para manter uma tradição que neste 2012 completa 105 anos.



O AUTO MA MATA



A Mata foi um dos lugares onde o Grupo Cultural Cayam-Bola apresentou, no início deste ano, o Auto de Nossa Senhora de Brotas. Na ocasião, em texto adaptado para o local, os atores lembraram um pouco da história e de personalidades locais. Veja os versos:


Boa noite minha gente

Estamos aqui pra sonhar

Contar uma linda história

E também comemorar

Com esse povo da Mata

Gente boa e sem mamata

De cultura singular


Sou neto de Henrique Martins

Afilhado do seu Quili

Fundador desse recanto

Por isso estamos aqui

Para contar bela história

Do milagre de Nossa Senhora

Que aconteceu bem ali

          
Foi lá nas terras de Brotas

Que aconteceu nossa história

O milagre de uma santa

Chamada Nossa Senhora

Que deu origem a cidade

Isso é coisa de verdade

Que nós contaremos agora


A santa fez um milagre

Por isso é a padroeira

De nossa terra querida

É devoção de primeira

Que hoje trazemos ao povo daqui

Descendentes de Quili

A mãe de todos, altaneira

                  
Mata é terra bonita

Bacana, educada e legal

Terra do Gervásio Tomezin

De inteligência sem igual

De Solon, Cleusa, Otaviano, Jorge e Antunin

Mamede, Auto, Jerônimo e Davi

E muita gente genial

                 
A Mata tem muita história

De alegria e devoção

Foi aqui que roubaram o sino

Que deu tanta atribulação

Mas o povo não esmoreceu

Por isso essa gente venceu

E hoje chama a atenção
                   

Nenhum comentário:

Postar um comentário